Ex-Dominó Klaus Hee arrecada R$ 7 mil com venda de revistas peladão




O cantor Klaus Heeex-Dominó, confessou surpresa pelo sucesso que teve a venda das suas revistas com ensaios nus. O cantor anunciou na última semana uma espécie de bota fora das publicações para qual posou no fim dos anos 1990, início dos 2000 em suas redes sociais.
O ator pediu valores em torno de R$ 50 e R$ 100 pelas edições autografadas, mas a procura sumiu de todas as expectativas. “Não esperava tudo isso que aconteceu. Acho que consegui uns R$ 7 mil”, contou ele ao Notícias da TV

Klaus Hee - Capas G Magazine
“Ligou gente de Londres [no Reino Unido]. Teve gente interessada de México, Irlanda e outros lugares que não tive tempo de ficar traduzindo. Vendi revista por R$ 500. Me ofereceram R$ 600 por uma”, revelou o famoso que diz ter ficado espantado com a proposta.
Klaus, que também foi assistente de palco do Passa ou Repassa tirou a roupa para ensaios por quatro vezes. Em duas ocasiões para a revista Íntima em 1999 e também a G Magazine, em 2004 e 2006. As quatro edições o fez colecionar cerca de 120 revistas em seu acervo pessoal.
A ideia para vender as revistas surgiu de forma inusitada. “Tenho alguns amigos no Instagram, e um rapaz queria comprar uma. Ele me perguntou: ‘Por quanto você venderia?’. Esse rapaz foi o estopim. Vendi duas para ele”, lembrou.


“Falei: ‘Vou começar a vender’. De repente, o negócio bombou. Foi uma loucura (risos). Coloquei um valor mínimo mais o Sedex. Começaram a me chamar, fui separando por kits de três. Acabou. Depois, kits de dois. Acabou. Ficaram só as avulsas. Achei que ninguém ia querer (risos)”, brincou.
Atuando agora como educador físico, o dinheiro que arrecadou na venda vai servir para pagar algumas contas, e Klaus, pretende guardar uma parte para investir na sua carreira artística. “Na segunda-feira fui a um estúdio, porque vou gravar uma canção. Fomos fechar uma música, que custa entre R$ 3 mil e R$ 4 mil para gravar”, explicou.
fonte: RD1



Klaus Hee





























0 Comentários