Segredos da Indústria





Existe uma primeira vez para tudo na vida, inclusive para ser filmada totalmente nua. No caso da atriz Cameron Diaz, o fato aconteceu no set do longa Sex Tape: Perdido na Nuvem (2014), em que contracena com Jason Segel. Mas ficar completamente despida e à mostra não foi a única cena diferente que Cameron protagonizou no filme. A atriz teve que interpretar um parto, situação que ela classificou como “intensa”. “Eu me vi em um quarto no meio do nada no Estado de Massachusetts, às 11 horas da noite, fazendo uma cena de parto, e todo mundo ao meu redor estava gritando entre si”, disse ela à revista Esquire. “Eu tive que atuar e fingir que estava empurrando uma bola de basquete que saía da minha vagina. Uma loucura, né? Mas não tinha o que fazer. Tive que repetir para mim mesma: ‘Tenho sorte. Este é um grande trabalho. Eu acho isso divertido’.”
Muitos profissionais afirmaram que mesmo um curta-metragem pode demorar horas para ser filmado e que as gravações são interrompidas diversas vezes, algo que é resolvido na edição. “Há muitas pausas, muitas risadas e muita gente trocando mensagens com os amigos entre as cenas”, escreveu uma pessoa. Outra disse que os atores também usam essas pausas para descansar entre uma cena e outra.
A atriz Ela Darling refutou o mito de que os atores que trabalham nesses filmes têm muitas doenças sexualmente transmissíveis (DSTs). “Nós passamos por um teste rigoroso a cada duas semanas com os melhores exames para DSTs que existem no mercado. Atores pornográficos têm menor incidência de HIV do que a população em geral”, disse. Ela também afirmou que os profissionais que atuam na indústria não recebem royalties pelos filmes, recebendo somente uma vez por cada produção.
(Da redação)

0 Comentários