Brother polemiza e pede para ser masturbado por amigo


Os participantes do BBB 2020 continuam dando o que falar com suas declarações absurdas, principalmente o time masculino, que acaba de ganhar mais uma polêmica para a ficha.

Desta vez, os responsáveis foram Hadson Felipe, que agiram de forma considerada homofóbica com Pyong e Victor Hugo. No quarto, ele fez um convite inesperado para ambos.

Enquanto Felipe estava deitado, o brother pediu que Victor “masturbasse” o rapaz, dizendo que ele estava excitado: “Aproveita que tá duro, véio”. Pyong ficou insatisfeito, mas eles prosseguiram.

“Se quiser bater uma punhetinha, pode bater”, completou Felipe. “O mano tá metendo aqui, eu tenho respeito. Você tá fodido é o caralho. Você é gay e eu não sou toupeira”, continuou.

“Você vai acordar assim amanhã”, disparou Hadson, enquanto outro colega dizia que Victor era virgem. “Eu sou virgem”, admitiu o participante, que parecia desconfortável, mas levou tudo na brincadeira.

Nas redes sociais, o assunto deu o que falar. “Morrendo de nojo desses machos do BBB”, comentou uma telespectadora. “Só o Pyong salva no meio desses machos”, disparou outra.

Vale lembrar que esse tipo de atitude vem sendo detonada aqui fora. Felipe Neto, por exemplo, soltou o verbo contra parte do elenco masculino e definiu Lucas Gallina, Felipe Prior, Hadson Nery e Petrix Barbosa como “machos lixo”.

A polêmica começou quando Lucas disse que a edição 20 do Big Brother Brasil era a que tinha “menos gata”. “Gente boa, elas são divertidas, loucas, retardadas, mas a qualidade podia ter sido um pouquinho melhor. Não veio uma novinha”, avaliou Petrix.

“Onde será que o BBB foi pra achar esse grupo de macho lixo? Podem ficar na banheira pra sempre q não vai limpar nada ali”, disparou Felipe Neto.

Confira:


fonte: RD1

0 Comentários